Friday, August 19, 2011

Estratégias de Comunicação Online - "Marketing 2.0"

O cliente actual é cada vez mais um consumidor social num universo digital, psicologicamente impelido a participar e interagir virtualmente, como factor de ligação com o mundo moderno que o rodeia. Este caracteriza-se cada vez mais pela:


- Crescente procura de informação e novos produtos através de redes sociais;
- Postura sensata face a promoções não solicitadas ou subscritas, confiando apenas em informações credíveis e relevantes;
- Procura uma interacção com as marcas no sentido de se familiarizar com os produtos que estas representam;- Cria a expectativa de que a marca seja pró-activa nas redes sociais em que se insere;
- Aspira a que determinada marca o ouça, avalie e estabeleça contacto rapidamente.



Face a este cliente "sociodigital", a gestão de relacionamento deverá ser adequada e orientada para a vertente social (Marketing Social), através de uma estratégia empresarial, comercial e de marketing, capaz de o envolver num relacionamento de compromisso, que seja acima de tudo bidireccional em termos de benefícios.

Do ponto de vista estratégico, a imagem e reputação de uma dada organização depende muito de quem nesta gere os processos e as campanhas de marketing digital. Possuir equipas internas dedicadas à comunicação on-line, é cada vez mais uma obrigatoriedade e um sinal dos tempos, especialmente perante os novos conceitos de inovação no que à organização, aos seus processos e ao marketing dizem respeito.

As redes sociais digitais permitem às organizações ouvir e aprender com o que é dito sobre estas e seus produtos ou serviços. Tal retorno comunicacional, permite a recolha de contributos muito importantes para o desenvolvimento de novos negócios e antecipar, melhorar ou alterar a oferta, de acordo com as exigências da procura. 

Acompanhar minuciosamente o feedback gerado permitirá por outro lado avaliar exactamente o nível de compromisso e interesse das comunidades online, o que será vital na criação de novos conteúdos para estes canais, cada vez mais personalizados, numa dinâmica de “gauging & engaging” constante, ou seja, de envolvimento, participação e avaliação contínua.

Juntamente com a marca, é muito importante a promoção de uma identidade, baseada na comunicação e imagem que pretendemos transmitir. Chegar ao público-alvo com regularidade, mantendo actualizações frequentes nas mais diversas plataformas, permite manter e despertar as nossas audiências. 

Tendo em conta estes pressupostos, antes de iniciar qualquer acção de marketing digital, convém ter em conta os seguintes aspectos basilares no Marketing Interactivo:

- Garantir espaços onde o utilizador possa interagir, participar e contribuir;
- Gerar conteúdos relevantes, intuitivos e interessantes para o mercado alvo, capazes de mobilizar e criar comunidades envolvidas em torno da nossa marca, produtos ou serviços.

A adesão à este canais de comunicação digital, pressupõe que através destes possamos adicionar valor à nossa marca, aumentar a participação no nosso negócio e gerar tráfego fundamental para o comércio electrónico, originando por inerência mais vendas. No entanto deverá haver sempre uma preferência pela qualidade em vez da quantidade e uma perspectiva de longo prazo em detrimento de um retorno imediato que possa ser comprometedor.


Alexandre Pinto

No comments:

Post a Comment